SUBSCREVA NOSSO FEED FEED DE COMENTÁRIOS

Leitão á Pururúca

Postado por Educação Ativa segunda-feira, 12 de outubro de 2009


UMA DAS "ESTRELAS" DAS FESTAS DE FIM DE ANO, O LEITÃO Á PURURÚCA DEVE SEU SUCESSO AOS TROPEIROS BANDEIRANTES, QUE EM SUAS VIAGENS PELO INTERIOR DE SÃO PAULO AGREGARAM O PREPARO DA IGUARIA A SUA ALIMENTAÇÃO, JUNTO COM OUTROS FAMOSOS PREPAROS DA COMIDA "CAIPIRA".
OS BANDEIRANTES PREPARAVAM SUA COMIDAS EM VERDADEIROS FOGOS DE CHÃO, JÁ QUE NÃO DISPUNHAM NA ÉPOCA DE FOGÕES.
A TÉCNICA, ERA DISPOR DE TRÊS VARAS DE BAMBÚ VERDE OU ATÉ MESMO DE FERRO, ONDE ERAM PENDURADAS AS PANELAS, OU AS CAÇAS PARA SEREM ASSADAS.
ALÉM DA PURURÚCA AINDA ERAM PREPARADOS OUTRAS RECEITAS COMO, FAROFA DE LINGUIÇA, CANJICA COM COSTELA DE PORCO, VIRADO Á PAULISTA E MUITOS OUTROS.
O TERMO PURURÚCA É DE ORIGEM "TUPI", E SE REFERE A PELE DESIDRATADA DO SUÍNO, OU DE UMA CARNE DE CAÇA (PACA,CAPIVARA) QUE AO SER ENCHARCADA COM ÓLEO QUENTE, TORNA-SE CROCANTE.
TAMBÉM PODE-SE RETIRAR O ASSADO DO FORNO ECOBRÍ-LO COM GELO, RETORNADO RAPIDAMENTE AO FORNO (SEMPRE EM ALTA TEMPERATURA).
EXISTEM PORÉM NOS DIAS DE HOJE, PURURUCADORES, QUE NADA MAIS SÃO QUE QUEIMADORES A GÁZ, QUE SÃO APROXIMADOS DA PELE DO LEITÃO, ASSIM QUE O MESMO É RETIRADO DO FORNO, TORNANDO-A ENTÃO CROCANTE.
COM O PASSAR DOS ANOS A IGUARIA CHEGOU AS TERRAS DE MINAS, ONDE ACREDITA-SE, SURGIU A IDÉIA DE RECHEA-LA COM FAROFA PURA, COM TOUCINHO, OU COM MIÚDOS E CHEIRO VERDE.
PARA OS VISITANTES DO NOSSO BLOG, VAMOS ENSINAR UMA RECEITA TRADICIONAL, DA REGIÃO DO VALE DO ITAJAÍ, COM UMA FAROFA UM POUCO MAIS SUAVE, BOM APETITE!

INGREDIENTES:
  1. I LEITÃO DE +OU- 5 KG
  2. 300 GR DE CEBOLA (PICADA)
  3. 3 DENTES DE ALHO (PICADOS)
  4. FOLHAS DE LOURO
  5. 20 GR DE ALECRIM
  6. 1 LT DE VINHO BRANCO SECO
  7. 2 KG DE FARINHA DE MANDIOCA
  8. 500 GR DE BACON
  9. 100 GR DE COLORAU
  10. 500 ML DE ÓLEO DE SOJA
  11. 1 MÇ DE SALSINHA
  12. SAL E PIMENTA BRANCA A GOSTO
  13. 1 METRO DE PAPEL ALUMÍNIO

PREPARO:
EM PRIMEIRO LUGAR O ANIMAL JÁ DEVE TER SIDO PELADO(CHAMUSCADO PARA QUEIMAR SEUS PÊLOS).
COM UMA FACA FINA E AFIADA, ABRA UM CORTE ENTRE O COMEÇO DO PESCOÇO, ATRAVESSANDO A BARRIGA, ATÉ O RABO.
ABRA A BARRIGA, RETIRE AS VÍSCERAS, OS MIÚDOS E A CAMADA DE GORDURA NAS LATERAIS INTERNAS.
SE DESEJAR DESOSSAR , ENCOSTE O CORTE DA FACA EM CADA COSTELA, E DESLIZE-A ATÉ O DORSO, UMA A UMA, CUIDANDO PARA NÃO FURAR A PELE.
PRÓXIMO AO PESCOÇO E PRÓXIMO AS PATAS TRASEIRAS VOCÊ ENCONTRA-RÁ OS OSSOS QUE FAZEM A JUNÇÃO COM A ESPINHA DORSAL; SEPARE-OS.
PARA FINALIZAR O DESOSSO PUXE A ESPINHA DORSAL E AS COSTELAS POR UMA DAS EXTREMIDADES.
EM UMA BACIA, JUNTE 5 LTS DE ÁGUA, O ALHO, A CEBOLA,O LOURO, O ALECRIM, O VINHO E ACERTE O SAL E A PIMENTA A GOSTO .
DEIXE O LEITÃO NESTA MARINADA POR 12 HORAS.
EM UMA PANELA AQUEÇA O ÓLEO, FRITE O BACON E VÁ ACRESCENTANDO A FARINHA E O COLORAU AOS POUCOS ATÉ FORMAR UMA FAROFA.
ACERTE O SAL E MISTURE A SALSA.
RECHEIE O LEITÃO COM ESTA FAROFA, E SE POSSÍVEL, COSTURE A BARRIGA COM UMA LINHA GROSSA.
UNTE UMA ASSADEIRA COM ÓLEO E, COLOQUE O LEITÃO.
ENROLE AS ORELHAS E O RABO COM UM PEDAÇO DE PAPEL ALUMÍNIO PARA NÃO QUEIMAR.
REGUE O LEITÃO, COM UM POUCO DE ÓLEO, DERRAME NA ASSADEIRA UM POUCO DA MARINADA, CUBRA COM A FOLHA DE PAPEL ALUMÍNIO E LEVE AO FORNO 180 GRAUS.
LEVA-RÁ + OU - 4 HORAS ATÉ ELE ESTAR PRONTO.
SEMPRE QUE A ASSADEIRA SECAR, ACRESCENTE UM POUCO MAIS DA MARINADA MISTURADA COM ÁGUA (PARA NÃO FICAR MUITO SALGADA).
UM POUCO ANTES DE RETIRAR DO FORNO, RETIRE A FOLHA DE PAPEL ALUMÍNIO E DEIXE DOURAR (NÃO QUEIMAR).
PARA PURUCAR PASSE GELO SOBRE O LEITÃO AINDA QUENTE E VOLTE AO FORNO, OU SE DESEJAR DERRAME ÓLEO FERVENDO.


RENDIMENTO: 25 PESSOAS (COM ACOMPANHAMENTOS).




TEXTO E ARGUMENTAÇÃO: WANDER E FABI
PESQUISA : WIKI & CULINÁRIA CAMPEIRA
IMAGENS:GOOOGLE IMAGENS

                       EXPERIMENTE TAMBÉM

                      PACA ASSADA A PURURÚCA








9 Respostas para Leitão á Pururúca

  1. LISON Disse:
  2. Saudações!
    Grande Wander,
    É só você mesmo para nos presentear com suas histórias fascinantes do mundo da arte culinária, devidamente acompanhada de uma receita extraordinária.
    Ia morrer e não sabia sobre as origens e da importancia que os Bandeirantes tiveram no preparo desse prato. Por aqui, chamamos de assado na "coivara", é o mesmo metodo!
    Parabéns pelo excelente Post!
    Abraços!
    LISON.

     
  3. S. Levy Lima Disse:
  4. estas suas receitas dão fome a qualquer hora do dia rsrsrs

    abraços.

     
  5. Mr.Jones Disse:
  6. amigo Chef, eu num curto carne de porco. Mas admito que ja provei.
    abraços

     
  7. Altemar Rocha Disse:
  8. Ótima receita para o final de ano.
    Foi muito bom você nos passar agora, para definirmos o que será feito com bastante antecedência.
    Um abração. Paz.

     
  9. Joselito Disse:
  10. Grande Chef, também não sou muito chegado em carne de porco, mas de vez em quando uma bistequinha até que é bem aceita ....

     
  11. Sissym Disse:
  12. Esta receita eu não conheço, nem sei se já provei. Mandei o link para minha irmã, as festanças são sempre por lá e tem quem faça! Bjs

     
  13. Cheguei meio tarde para o papa mais ainda deu tempo de ver esta receita deliciosa, copiado para as futuras experiências.
    Abraços forte

     
  14. Olá querido!!

    Estou aqui para lhe oferecer um presente, passe no meu blog e pegue-o.

    http://souumalongafrase.blogspot.com/2009/10/selos-recebidos-repassando-lista.html

    bjs
    Joicinha

     
  15. Anônimo Disse:
  16. pow queria um leitão desse na mesa da minha casa
    um delicioso

     

Postar um comentário

Obrigado, por sua visita e comentários.
volte sempre!

OUTRAS RECEITAS

Pesquisar este blog

Carregando...

COMPARTILHE

VISITANTES

SEGUIDORES

MEUS BLOGS PREFERIDOS